Papo na Real: Porque eu fiz Adm?! #parte1

Categorias Papo Na Real

Oi pessoal,

Hoje nossa conversa é um pouco mais cabeça, e é principalmente pra você que tá me lendo que ainda está na dúvida de que curso fazer, ou então está na dúvida se o curso que está é o certo pra você.

Quando eu era criança meu sonho era ser bióloga marinha e trabalhar no projeto Tamar, eu não lembro como começou isso mas a minha memória mais recente da pergunta “O que você quer ser quando crescer?” seguia dessa resposta e trabalhar com tartarugas era algo bem específico.

Depois de uns anos eu descobri que para ser bióloga eu ia precisar dessecar sapos na faculdade, bom ai eu desisti, eu ainda não contei pra vocês mas eu até que sou bem corajosa para bichos e insetos (até baratas) mas quando se trata de anfíbios, mais particularmente sapos e seus parentes (perereca, rã) eu tenho uma fobia que eu chegava a passar mal (no passado, porque eu até to bem corajosa hoje em dia). Lá se foi meu sonho de trabalhar com as tartarugas :/

Maaas.. quando eu comecei o ensino médio lá em 2007 (alguns de vocês devem pensar meu senhor jesuis que velha kkk) eu resolvi que queria ser embaixadora do Brasil, eu sempre gostei muito de viajar e sempre me dei bem com outras línguas, então ok era isso, vou fazer o curso de Relações Internacionais, e mais especificamente na UnB.

Em 2009 o temido vestibular chegou eu tinha feito o PAS (avaliação seriada da UnB) e estava pronta para ir fazer o vestibular, porém eu não passei e em 2010 eu encarei o cursinho. Olha para fazer cursinho tem que querer muito o curso porque eu vou te dizer foi um dos piores anos da minha vida, além de acrescentar quase 10kg na minha balança.

Nesse ano eu conversei com um amigo meu que tinha feito RI na USP e ele me disse: NÃO FAÇA.. RI é muito específico, muito difícil de arrumar emprego na área e além disso para passar na prova do Instituto Rio Branco (onde começa a carreira de embaixador) é muito difícil e não é requisito o curso.

Aquilo me deixou sem chão. eu tava me preparando para um curso, fazendo cursinho, eu já tinha passado em 2009 para ADM na UFMS e já tinha passado pra direito na UCDB, mas eu queria RI por isso fui atrás de estudar, quando ele me falou isso sério, eu fiquei tão pe da vida não consigo explicar pra vocês.. Mas ok moving on, resolvi escutar o conselho de todo mundo da minha família que insistia para eu fazer Direito e resolvi estudar para passar na USP, se eu fosse fazer isso eu ia ir pra uma faculdade top.

Em 2010 eu fiz o vestibular da FUVEST e fiz o ENEM, USP não passei e na UFMS para direito também não, eu passei pra minha 2ª opção que era Administração e passei pra Direito na UCDB, uma das melhores universidades particulares do estado e uma das mais caras também.

Eu já sabia que eu não ia fazer mais um ano de cursinho então me restou escolher, depois de conversar com mil pessoas e com a família resolvi encarar os dois cursos. Direito na UCDB de manhã e ADM na UFMS a noite.

Fiquei um ano e meio nessa loucura quando em julho de 2012 eu precisei tomar um atitude e escolher um dos dois cursos. Para não deixar esse post cansativo eu resolvi dividir esse papo em 2 partes então acessem o link para a parte 2 do porque eu escolhi Adm.

Comentem e compartilhem para quem tem dúvida e tá precisando de ajuda..

Tenho várias facetas, com 24 posso dizer que sou de tudo um pouco, de nerd a patricinha, gosto de tudo um pouco, mas o que eu amo é compartilhar, experiências, dicas, ideias! Por isso bem vindo ao mundo da Bela onde o negócio principal é compartilhar com você todas as minhas facetas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *